JUSTIÇA

Instituto Nacional de Advocacia pede o afastamento de Felipe Santa Cruz da presidência da OAB.
O requerimento é por conta da citação de Santa Cruz na delação premiada do ex-presidente do Sesc.




Felipe Santa Cruz

Mais um pedido pelo afastamento de Felipe Santa Cruz da presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi protocolado. Desta vez, quem solicitou foi o Instituto Nacional de Advocacia (INAD) ao Conselho Federal da OAB. Recentemente, o deputado federal Daniel Silveira (PSL) fez o mesmo pedido.

O requerimento é por conta da citação de Santa Cruz na delação premiada do ex-presidente do Sesc, Senac e Fecomércio no Rio de Janeiro, Orlando Diniz, que resultou na operação “E$quema S”. Conforme consta na denúncia, o presidente da OAB teria recebido R$ 120 mil.

“Os crimes pelos quais o presidente da OAB está sendo investigado foram praticados contra a própria classe dos Advogados, o que agrava ainda mais a sua conduta e justifica o seu afastamento imediato do cargo”, afirmou o ofício enviado pelo INAD.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM