ESPORTES

Conmebol esnoba Globo e fecha Libertadores com o SBT.
O acordo com o SBT só foi possível após uma tentativa frustrada de renegociação de contrato, onde a Globo rescindiu o acordo de exclusividade que tinha para rever os valores assinados com a Conmebol.




O jogador Bruno Henrique, da SE Palmeiras, disputa bola com o jogador Alcoba, do CA Tigre.

A Copa Libertadores está oficialmente fora da grade de atrações da Rede Globo e o SBT é a nova casa da principal competição de futebol nas Américas. O contrato entre a emissora e a Conmebol foi assinado hoje (10) e a primeira transmissão será do duelo entre Bolívar e Palmeiras em 16 de setembro.

A emissora de Silvio Santos agora precisa montar sua equipe de narradores e comentaristas, enquanto a Conmebol cuidará da parte técnica das transmissões, como equipamentos, por exemplo.

O acordo com o SBT só foi possível após uma tentativa frustrada de renegociação de contrato, onde a Globo rescindiu o acordo de exclusividade que tinha para rever os valores assinados com a Conmebol.

O termo assinado era de US$ 60 milhões até 2022 para a TV aberta e fechada, por meio do SporTV, e a principal emissora do País esperava recuperar as perdas que teve com a covid-19 e os campeonatos de futebol paralisados.

O movimento foi visto como um “blefe”, já que a Globo acreditava não ter chances de outro canal negociar com a Conmebol e a diminuição dos valores era dada como certa.

Nos últimos dias, a Globo ainda tentou correr atrás da entidade máxima do futebol sul-americano, mas as condições e valores já estavam acertados com o SBT.

Além do atrativo de ser uma das grandes emissoras da rede aberta no Brasil, o SBT não limita o anúncio de patrocinadores da competição, algo que não era permitido na Globo, onde as empresas parceiras sequer eram citadas durante as transmissões ou em programas relacionados. Isso pesou a favor na hora de fechar a negociação.

Na TV aberta o SBT é soberano nas transmissões da Libertadores, enquanto na TV paga a Fox Sports segue veiculando os jogos.

Agora, com o SporTV fora do radar, a emissora poderá adquirir os pacotes que antes pertenciam ao grupo Globo na rede fechada e ampliar os jogos transmitidos.

O Facebook também seguirá com a veiculação de alguns jogos, principalmente as do Flamengo e do Santos.

Em nota, o diretor comercial da Conmebol, Juan Emilio Roa, comentou a parceria. “Temos o prazer de apresentar o SBT como novo detentor dos direitos televisivos da Conmebol Libertadores para o Brasil. Esta aliança nos permitirá levar a emoção da Glória Eterna a mais torcedores no território brasileiro”, afirmou.

José Roberto dos Santos Maciel, CEO do SBT, disse por nota que a emissora espera corresponder às expectativas dos torcedores. “É muito bom poder anunciar esta parceria. Sabemos que o futebol é o esporte mais popular no Brasil e, como somos também uma emissora popular, nada melhor do que podermos voltar às transmissões nacionais com um torneio como a Conmebol Libertadores. Esperamos corresponder às expectativas dos fãs do futebol, do mercado publicitário e de todos aqueles que torcem pelo SBT.”





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM