JUSTIÇA

Toffoli suspende processo de impeachment de Witzel na Alerj.
O ministro considerou válido o argumento de que não houve proporcionalidade na formação da comissão.




Dias Toffoli e Wilson Witzel

Toffoli suspende processo de impeachment de Witzel na Alerj (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro).

O presidente do do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli, atendeu um pedido da defesa do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) e determinou uma nova comissão especial para conduzir seu processo de impeachment na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

A decisão foi tomada nesta sexta-feira. O ministro considerou válido o argumento de que não houve proporcionalidade na formação da comissão. Agora, uma nova comissão deverá ser formada. O que, na prática, dá mais tempo para Wilson Witzel.

Dias Toffoli levou em consideração a proximidade do fim do prazo para que Witzel apresentasse sua defesa, que terminaria na quarta-feira (29).

Veja a reportagem na integra:

 


Confira o vídeo:






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






JUSTIÇA  |  02/08/2020 - 15h