CONONAVÍRUS COVID-19

Que cena: Homem escala parede de hospital para se despedir da mãe com coronavírus
O filho de uma mulher palestina que foi infectada com a Covid-19 escalou até o quarto dela no hospital para sentar e vê-la todas as noites, até que ela falecesse, escreveu em sua conta.




Jihad Al-Suwaiti, se despedindo de sua mãe

O palestino Jihad Al-Suwaiti, 30 anos, foi fotografado escalando as paredes externas de um hospital na cidade de Hebron, na Cisjordânia. O motivo: ele queria se despedir de sua mãe, Rasmi Suwaiti, de 73 anos, que estava internada com o novo coronavírus.

Sem poder entrar no local por causa do risco de contaminação, a solução encontrada por Jihad foi escalar a parede até a janela do quarto em que sua mãe estava.

De acordo com a rede Al Jazeera, Jihad visitou a mãe pela janela do quarto do hospital durante os cinco dias de internação.

No entanto, no dia 16 de julho, ele foi informado que sua mãe não resistiu e morreu. Sua mãe lutava contra uma leucemia quando foi diagnosticada com a Covid-19.

O gesto repercutiu nas redes sociais e chegou até o libanês Mohamad Safa, integrante de programas da Organização das Nações Unidas (ONU). Em seu Twitter, Safa deu destaque ao registro.

“O filho de uma mulher palestina que foi infectada com a Covid-19 escalou até o quarto dela no hospital para sentar e vê-la todas as noites, até que ela falecesse”, escreveu em sua conta.





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CONONAVÍRUS COVID-19  |  10/08/2020 - 23h





CONONAVÍRUS COVID-19  |  10/08/2020 - 21h


CONONAVÍRUS COVID-19  |  31/07/2020 - 15h