SAÚDE

Será que o Coronavírus está extinguindo a Dengue em São Paulo?
Ninguém morreu por dengue na cidade de SP em 2020.




Mosquito Aedes Aegypt

Não houve mortes por dengue na cidade de São Paulo no ano passado. Segundo dados da Coordenadoria de Vigilância em Saúde da capital, houve também uma queda de 88% nos casos da doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. As informações são do repórter Lucas Herrero, da Rádio Bandeirantes, no Bora Brasil.

Foram 14.952 ocorrências a menos em comparação a 2019, ano em que houve três mortes. De acordo com o diretor da Divisão de Vigilância em Zoonoses, Werner Garcia, o resultado pode ser explicado pela sazonalidade da dengue, que tem picos a cada quatro anos, sendo o último justamente em 2019.

As variações climáticas afetam também a proliferação dos mosquitos e a pandemia foi outro fator que afetou o resultado do ano passado.

"Muitas pessoas não procuraram o serviço de saúde por causa do coronavírus. As pessoas ficaram temerosas e acabaram fazendo uma automedicação por isso a probabilidade do número de casos confirmados ser um pouco maior é alta", disse.

Em todo o Estado de São Paulo, houve um recuo de 51% nas mortes – 274 em 2019 diante de 136 em 2020 -, e de 53% nos casos – mais de 400 mil em 2019 contra 192 mil no ano passado.

Muito estranho, esses dados, né pessoal.

Fonte: Agora Notícias Brasil



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo e canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   05/03/2021 11h53





SAÚDE  |   28/02/2021 18h29