RONDÔNIA

Coronel Chrisóstomo se reúne com ANAC e pede a retomada de voos e criação de rota do agronegócio na Amazônia Ocidental.
Objetivo é reabrir aeroportos fechados e oferecer novas rotas entre cidades de Rondônia, Mato Grosso e Acre.




Deputado Federal Coronel Chrisostomo

O deputado Coronel Chrisóstomo se reuniu com representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e com a Azul Linhas Aéreas para solicitar a oferta de novos voos entre cidades do interior de Rondônia e de outros estados, como Mato Grosso e Acre.

A ideia do parlamentar é aumentar as opções de transporte para rondonienses dentro do Estado, além de possibilitar viagens rápidas às unidades da federação vizinhas. É a chamada Rota Aérea do Agronegócio na Amazônia.

"Os aeroportos de Guajará-Mirim e Costa Marques, por exemplo, estão fechados há meses. por isso, enviei ofício para a ANAC solicitando a imediata reabertura dos aeroportos, porque é inadmissível que fiquem fechados. Hoje, as principais maneiras para se deslocar dentro de Rondônia são de carro e de ônibus. A reabertura dos aeroportos vai facilitar e incentivar as viagens na região. Muitas pessoas querem e precisam viajar, mas têm poucas opções", detalha o Coronel Chrisóstomo.

O parlamentar destacou que o agronegócio sempre foi o maior responsável pelo desempenho do PIB do Estado, elevando a nossa participação no índice nacional, praticamente se nivelando a estados como o Paraná, historicamente uma potência na economia do país, superando em 100% o Espírito Santo, e desbancando vários estados de economia sólida. “Rondônia hoje se destaca no cenário nacional e temos que ser respeitados e reconhecidos por isso”, frisou.

Com essa economia em franco desenvolvimento, tanto a ANAC e a companhia aérea Azul deverão dar uma resposta positiva nessa nova criação de rota, que também favorecerá o seu próprio crescimento com maior número de passageiros que precisam se deslocar de um lugar para outro em busca de melhores negociações de seus produtos.

"Os municípios que seriam beneficiados em um primeiro momento são Vilhena, Ji-Paraná, Cacoal, Costa Marques, Ariquemes, Guajará-Mirim, Rondonópolis e Humaitá, além das capitais Cuiabá, Rio Branco e Porto Velho".

Na última sexta-feira (15), Coronel Chrisóstomo participou de reunião por videoconferência com o Superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da ANAC, Giovano Palma. A Agência já estuda a reabertura de aeroportos e a oferta de voos com a Azul.

Fonte: Assessoria Parlamentar



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo e canal do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






RONDÔNIA  |   03/03/2021 15h28


RONDÔNIA  |   03/03/2021 12h12